Já Curtiu?

Curta Também!

Parceiros

Análise Completa de Battlefield 4

Rafael A. Santos Análises(PC), Análises(PS3), Análises(PS4), Análises(X-One), Análises(Xbox-360), PC, PS3, PS4, X - One, Xbox - 360 89 visualizações
Um dos jogos mais esperados da atualidade, game cumpre o que promete no quesito Guerra ao terror e destruição em massa...
Um dos jogos mais esperados da atualidade, game cumpre o que promete no quesito Guerra ao terror e destruição em massa...

Battlefield 4

Um dos jogos mais esperados da atualidade, game cumpre o que promete no quesito Guerra ao terror e destruição em massa.

Aclamado e respeitado por muitos, Battlefield 4 chega com tudo para deleite de seus fãs que aguardavam a continuação da série há meses.
bf4Fonte da Imagem: battlefield.com

Lançado em 29 de outubro de 2013, o mais novo game FPS produzido pela DICE ( EA Digital Illusions CE) e publicado pela EA, surpreendeu a todos com um jogo totalmente modelado em uma Engine,Frostbite 3 que potencializou, e muito, o jogo. A mesma engine foi usada em Battlefield 3 (Frostbite 2), que funcionou muito bem, e conseguiu unir a jogabilidade satisfatória com lindos gráficos.
Como todo jogo recebe críticas dos dois lados, Battlefield 4 foi criticado por possuir um gameplay curto (Aprox.: 3 a 4 horas). Mas a duração não significa que o modo história não seria bom, por outro lado, o mesmo foi bem elaborado e bem explicativo em relação ao que o multiplayer, futuramente, aguardava.

 

História

A história se passa no ano de 2020, seis anos após os acontecimentos de Battlefield 3. As tensões entre Rússia e EUA se elevam demais devido a um conflito que dura seis anos. Ao mesmo tempo que, a China também quer participar desta guerra, sobretudo aos planos do Almirante Chang de retirar o atual governo chinês do poder: no que, se der certo, os russos terão total apoio dos chineses, incluindo a China na guerra contra os Estados Unidos.

bf4_1Fonte da Imagem: gamingshogun.com

O personagem principal da vez é o Sgt Daniel “Reck” Recker, um membro do “Grupo de combate ‘Tombstone'”. Seus colegas incluem: o líder do grupo, Sgt. Dunn; o segundo em comando, Sgt. Kimble “Irish” Graves; e o médico de campo Sgt. Clayton “Pac” Pakowski.18 Muito cedo na campanha, juntam-se à Tombstone o agente da CIA Laszlo W. Kovic e a agente dos serviços secretos chineses Huang “Hannah” Shuyi. (Informações da sinopse tiradas do site Wikipedia)

Multiplayer

Como o modo história de Battlefield 4 não é tão grande – ou na média de outros games de mesmo gênero – já deixaria explicito aos jogadores que a produtora(DICE) focou exatamente no multiplayer, ou seja, a nata do jogo em sí, está no multiplayer. Mas, para se entender o que ocorre nos vários cenários do modo multiplayer, é aconselhado jogar primeiramente o gameplay para se ter noção do contexto geral de Battlefield 4, que liga os fatos da história ao multiplayer.

bf4_2 Fonte da Imagem: blogs.battlefield.com

Com o novo motor gráfico(Frostbite 3), vem algumas surpresinhas para os fãs, que por sinal, adoraram essa evolução. Chamada de Levolution, o mesmo consiste numa interação gráfica que acrescenta mais ação a cada tiro: Desde destruição de uma antena gigante, até um prédio inteiro caindo no mar, que aliás é considerado o melhor Levolution de todos os mapas, a antena gigante caindo nos fuzileiros de plantão é encontrada no mapa: Transmissão Pirata. O prédio se desmoronando em direção ao oceano pertence ao mapa: Cerco a Xangai. Claro que a DICE não deu estas estrondosas catástrofes “de graça”, por assim dizer, é preciso uma interação com os jogadores para que aconteça. Exemplo: É possível derrubar o prédio de Xangai sozinho, basta lançar quatro misseis em cada um dos pilares deteriorados do prédio, os quatro ficam em direção ao mar, assim que explodidos, derrubados ou destruidos os pilares, o prédio fará um barulho semelhante a tremores de terremotos, e em seguida o prédio vai em direção ao mar.No final, só sobram entulhos onde antes havia uma mega construção e também todo o cenário ao redor do prédio passa a ter as ruas com escombros e uma turva visão onde não se pode enxergar o horizonte.

 

bf4_3Fonte da Imagem: dinossaurosamericanos.wordpress.com

 

bf4_4 Fonte da Imagem: team-legend.fr

 

Contando com Dog Tags exclusivas e armas aprimoradas que se assemelham e muito com as armas verdadeiras fazem com que a guerra se torne cada vez mais real, o modo online do jogo traz fortes emoções, e explosões.
Atualmente, Battlefield 4 já está com sua 4ª DLC lançada recentemente. Aqui vai uma lista com as DLC’s já lançadas:

 

China Rising

Lançada em 17/12/2013, possui 4 mapas (como de padrão em DLC’s), tem como destaque a Superioridade Aérea.

bf4_5Fonte da Imagem: battlefield.com

Second Assault

Lançada em 04/03/2014, é um remake de quatro mapas originários de Battlefield 3(Caspian Border, Gulf of Oman,Operation Firestorm,Operation Metro).

bf4_6Fonte da Imagem: tri5tate.deviantart.com

Naval Strike

Lançada em 15/04/2014, consiste em mapas e veículos de superioridade marítma e um modo exclusivo onde o objetivo é destruir o navio inimigo e ao mesmo tempo defender o seu navio.

bf4_7Fonte da Imagem: digitaltrends.com

Dragon’s Teeth

Lançada em 29/07/2014, a DLC mais recente possui mapas pertencentes a áreas da China e também um modo exclusivo (Corrente), onde é necessário ligar pontos de dominação pelo mapa para vencer o inimigo.

bf4_8Fonte da Imagem: battlefieldportal.com

Final Stand

Ainda não lançada, mas prevista para ser anunciada no próximo mês(Agosto/2014). Há poucas informações sobre esta DLC, mas o que se sabe no momento é que o mesmo vem com um item exclusivo, um Gadget que realiza uma série de abates e que é possivel controlar à distância.

bf4_9Fonte da Imagem: funnysite.ir

Estamos aguardando por mais notícias do FPS que agrada a toda uma geração de gamers e que ainda vai nos supreender mais.

Site do jogo: http://www.battlefield.com/br/battlefield-4

Créditos: Guilherme S. Batpista – Redator e Analista – Estudante de Téc. em Informática que adora video-games e PC’s, fanático por muitos jogos e totalmente viciado e integrado no mundo dos games atuais e mais velhos. 🙂

Tags

Sobre: Rafael A. Santos

Técnico de informática, com conhecimentos em algumas linguagens de programação, banco de dados e web. Trabalha na Programadores S/A. Apaixonado por videogames e viciado em humor e piadas sem graça. Um cara extrovertido que não fez nada de importante na vida ainda :D

Você também pode gostar de...

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE