Já Curtiu?

Curta Também!

Parceiros

Cultura de povo do Alasca vira videogame em ‘Never Alone’

Rafael A. Santos Notícias, PC, PS4, X - One 94 visualizações
never_alone

Segundo o site G1 Games o game introduz costumes e folclore dos Inupiat em título divertido e delicado.
‘Never Alone’ é feito com ajuda de comunidade e tem entrevistas com locais.

 

'Never Alone' conta história de povo nativo do Alasca (Foto: Divulgação/Upper One Games)

‘Never Alone’ conta história de povo nativo do Alasca (Foto: Divulgação/Upper One Games)

 

É provável que você nunca tenha tirado um dia da sua vida para saber mais sobre a cultura dos nativos do Norte do Alasca. Um pouco distante, né? Pois eu também não, até jogar “Never Alone” e aprender, meio que sem querer, vários valores e costumes interessantes desse povo. E o melhor: com um game divertido, delicado e que dispensa os beabás chatos. Acho que é um bom negócio.

 

'Never Alone' usa elementos de games de plataforma, como 'Rayman' (Foto: Divulgação/Upper One Games)

‘Never Alone’ usa elementos de games de plataforma, como ‘Rayman’ (Foto: Divulgação)

“Never Alone (Kisima Ingitchuna)” é um jogo desenvolvido em parceria com a comunidade Inupiat, habitante do clima gelado e inóspito do extremo dos Estados Unidos. Você controla a jovem Nuna e uma raposa do Ártico, cada uma com habilidades próprias, e precisa descobrir a origem de uma nevasca que tem impedido sua aldeia de caçar.

Mecanicamente falando, “Never Alone” usa características de jogos de plataforma como “Rayman”, “Limbo” e “Max: The Curse of Brotherhood”. Ou seja, pule sobre esse obstáculo, escale aquela escada e resolva um quebra-cabeça. Nada de excepcional, mas que também não se compromete – apesar de um ajuste fino na precisão dos movimentos ser uma boa ideia.

O mais legal é ver essa lógica sendo trabalhada a favor da cultura dos Inupiat, já que cada elemento de “Never Alone” tem relação com o folclore do povo. A raposa branca, por exemplo, é símbolo de proteção. O próprio enredo do jogo é baseado em uma história repassada por gerações. E as plataformas que ajudam a dupla a alcançar áreas mais altas são espíritos materializados da “Silla”, uma força maior dos Inupiat responsável por controlar tudo que envolve vida. E por aí vai.

Em 'Never Alone', jogador aprende sobre cultura do povo Inupiat (Foto: Divulgação/Upper One Games)

Em ‘Never Alone’, jogador aprende sobre cultura do povo Inupiat (Foto: Divulgação/Upper One Games)

Essa mitologia é introduzida e explicada pelo próprio game, de forma nada intrusiva, por meio de entrevistas com membros da comunidade. Os vídeos são belíssimos, lembram documentários, e ajudam os jogadores a conhecer mais sobre aquilo que estão vendo. Para os apressados, assistir aos clipes é opcional, mas isso é quase inviável graças à sutileza com que eles são apresentados.

 

E é por isso que, apesar de ter chegado na miúda, “Never Alone” pode ter acabado de abrir um precedente muito importante. O que em outros jogos é fantasia, aqui é a formação social e cultural de uma comunidade inteira sendo transformada em contexto de videogame. E é íntimo e intrigante aprender assim. Some a isso cenários atmosféricos e uma bonita relação de cooperação entre Nuna e a raposa, e o jogador tem em mãos um game incrível.

 

'Never Alone (Kisima Ingitchuna)' (2014) (Foto: Divulgação/Upper One Games)

‘Never Alone (Kisima Ingitchuna)’
Plataformas: PlayStation 4 (versão testada), Xbox One, PC

Produção: Upper One Games

Desenvolvimento: E-Line Media

Gênero: Plataforma

Jogadores: 1-2

Lançamento: 18 de novembro
Preço: R$ 30

Prós: cultura de um povo transformada em videogame.

Contras: precisão dos pulos poderia ser melhor.

 

Fonte:G1 Games

 

Tags

Sobre: Rafael A. Santos

Técnico de informática, com conhecimentos em algumas linguagens de programação, banco de dados e web. Trabalha na Programadores S/A. Apaixonado por videogames e viciado em humor e piadas sem graça. Um cara extrovertido que não fez nada de importante na vida ainda :D

Você também pode gostar de...

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE