Já Curtiu?

Curta Também!

Parceiros

Alguns dos jogos mais polêmicos já lançados

Raul Bueno Notícias 218 visualizações
Sem Título-1

 

Existem diversos games que causaram muita polêmica, apenas pelos seu objetivos que são exclusivamente “errados” como por exemplo: o jogo Rapelay, que seu objetivo principal é conseguir estuprar uma mãe e suas duas filhas. E como se não bastasse esse objetivo sórdido, o jogo conta com inúmeras outras atrocidades no decorrer das missões, esse game já foi banido em diversos países, e nem chegou a existir no Brasil, tecnicamente falando, afinal com certeza alguns brasileiros já jogaram esse jogo em versões pirateadas. Enfim esse foi só um exemplo, existem outros vários jogos com objetivos de estupro, racismo, homofobia, entre outras atrocidades. Mas não são esses jogos que eu quero enfatizar, e sim os que não eram pra gerar polêmica e acabaram sendo mal vistos.

Vou começar falando do que eu considero ser o mais famoso deles, o bom e velho GTA:

Seja qual for a geração de GTA, sempre haverá polêmica, afinal a maioria de suas missões constituem-se em cometer crimes, como: furto de carros, assaltos a banco, assassinatos, em fim os mais variados tipos de crime, sem contar que durante o jogo você encontra boats com prostitutas, traficantes, entro outros lugares e pessoas de ma índole. E sem contar que já vimos várias reportagens de garotos que roubam carros inspirados em GTA.
Outro Game que não era pra gerar confusão mas quase teve seu lançamento cancelado foi Resident evil 5:

Resident 5 foi acusado de ser um jogo racista, e quase teve seu lançamento cancelado, o motivo da acusação foi por seu personagem principal (chris Redfield) ser um homem “branco” que mata personagens negros, mas o motivo de ele matar personagens negros é pelo jogo se passar na africa e 98% da população africana é de negros, e com argumentos desse tipo a Capcom conseguiu defender seu game.
Um jogo das antigas agora, o famoso CS (Counter Strike) que já chegou a ser banido de Lan Houses brasileiras:

No ano de 2008 esse jogo foi proibido no Brasil por incitar os jovens a pratica de atos violentos, hoje em dia ele não é mais o alvo das preocupações, mas já deu muita polêmica inclusive um jovem que cometeu genocídio disse ter ser preparado para o crime jogando este jogo.
Outro dos velhos tempos é o Bully:

Esse game não chegou a ser proibido, nem teve uma repercussão muito grande, porém duvido que algum pai ou mãe gostaria que seu filho, que está fazendo o colegial jogasse esse jogo, pois, ele se trata de um aluno que seus objetivos são “bagunçar” a escola fazer arruaças causar brigas, provocar professores e diretores, enfim ser o pior aluno possível, ou seja, não é um bom exemplo a ser seguido.

Existem vários outros jogos violentos e de maus exemplos que eu poderia citar, esses são só alguns que eu destaquei.

Bom é isso ai, agora eu só queria deixar a dica pra vocês gamers, quando desligarem seu console ou pc, lembre-se de aquele “mundo” que você estava também foi desligado.

Tags

Sobre: Raul Bueno

Tenho uma vida bem normal, trabalho no período do dia como expedidor, e nas horas vagas gosto de games, e gosto também de me manter sempre atualizado quando o assunto é tecnologia.

Você também pode gostar de...

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE