Já Curtiu?

Curta Também!

Parceiros

The Witcher 3: Novas Informações de Jogabilidade e Novas Imagens

Rafael A. Santos PC, PS4, X - One 70 visualizações
witcher

O combate vem sendo fortemente reforçado desde janeiro. É extremamente fluente, preciso e compreensível agora. (Com um gamepad, mouse e teclado ainda são estranhos na jogabilidade, mas a CD Project Red prometeu corrigir até o release)

Depois de lutar com um gamepad, foi utilizado um mouse, que mudou automaticamente a exibição na tela. Segundo o autor é mais confortável usar um gamepad durante o combate/exploração e um mouse nos menus.

Dificuldades (fácil, normal, difícil, escuros) são sempre trocáveis. A dificuldade muda a inteligência do inimigo (por exemplo, monstros fogem com menos frequência nas dificuldades mais baixas), mas não os pontos de vida

Um monte de personalização, incluindo a desativação de marcadores de missões e pontos interesse. Você pode até mesmo experimentar a aventura de Geralt sem qualquer exibição na tela

Negociação com as pessoas sobre recompensas para monstros será feita em um minigame. Haverá uma janela independente, em que você digita o ouro que você quer. Ao mesmo tempo, você pode ver o quão irritado o NPC está. Se você exagerar ele / ela vai cancelar a negociação e você tem que aceitar a recompensa mínima.

Morhen kaer e arredores são quase tão grandes como a área de prólogo. (4-5 horas de jogo)

Artigos do cavalo: alforje (mais espaço), antolhos (menos chance de ser derrubado do cavalo), sela (determinam a resistência do cavalo)

O uso pesado dos arredores. Por exemplo havia inimigo com um símbolo de caveira (muito difícil de combater). Havia uma colmeia nas proximidades. Ele atirou com o crossbow e as abelhas atacaram o inimigo e ele fugiu.
Existem pequenos detalhes incríveis. Geralt pode derrubar garrafas, quebrar cercas ou até mesmo fazer objetos balançarem com o seu sinal Aard.
Um dos pontos mais impressionantes foi quando Roach comeu aleatoriamente uma maçã de uma cesta.

O barco tem um modelo de dano (não havia informações sobre danos visuais).

Um monte de opções, com enormes consequências

Existe Uma quest:

Um barão tem informações sobre Ciri, mas ele quer é que façamos algo para ele antes. Segundo o autor foi o gameplay- narrativamente falando- da melhor quest que já experimentou em um RPG. “Atuamos como um detetive, conversar com os suspeitos, pastoreamos uma cabra teimosa, lutamos com fantasmas e animais selvagens e muito mais. Tudo isso, só para aprender sobre um segredo tão horrível e comovente, que fiquei sem palavras.”

Vamos gastar entre 5-10 horas jogando com Ciri (nenhum desenvolvimento do personagem enquanto joga com ela, todo o foco na história)
Ciri pode teletransportar, haverá ainda mais habilidades poderosas posteriores

Haverá entre 5-6 pequenas regiões, mais lineares durante o jogo .Havia mais duas regiões (não kaer Morhen ou aldeia pomar), mas que não foram citadas, porque elas erão muito diferentes visualmente e possuíam enormes spoilers.

Apenas três bugs em dois dias

Conclusão:
[….] “Meus dois dias com Geralt foram uma das mais belas, mais emocionante e esmagadora experiências que eu experimentei em minha vida”

1548090_1596495173930998_5134478156197656727_o

10633789_1596495017264347_6253359516942990699_o

The_Witcher_3_Wild_Hunt-Geralt_torching_his_enemies

Fonte: Gamevicio

Sobre: Rafael A. Santos

Técnico de informática, com conhecimentos em algumas linguagens de programação, banco de dados e web. Trabalha na Programadores S/A. Apaixonado por videogames e viciado em humor e piadas sem graça. Um cara extrovertido que não fez nada de importante na vida ainda :D

Você também pode gostar de...

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE